Logo Edno Pilonetto Guarapuava
09/mar/2017

VOU ME CASAR…POR ONDE EU COMEÇO?

Texto: Marisa Kaminski - Fotos: Edno Pilonetto

A técnica jornalística nos ensina responder a seis perguntas básicas para escrever um texto: o que, quem, quando, onde, como e por quê? Perguntas que também servem para orientar a tomada de decisões em outros momentos, como na hora de casar. Quer ver? O que, quem e o porquê, você já tem na ponta da língua. Você só precisa se fazer as demais, ou seja, onde e como será o seu casamento para poder determinar o tipo e o tamanho desse sonho. Quem diz isso não sou eu, a jornalista, mas sim o cerimonialista, profissional que além de ser um mestre de cerimônias, aquele que apresenta todo o evento, precisa conhecer as normas cerimoniais e, especialmente, protocolares. Ficou difícil de entender, então, vamos deixar essa explicação com quem conhece o assunto, a Maria Inês da Silva Guiné.

Natalie surpreendida com pedido de casamento pelo Igor - Casamento Francine e Juliano em Guarapuava

Maria Inês é conhecida dos meios de comunicação, tendo trabalhado em rádio, televisão, onde a voz se tornou seu traço mais marcante, “um dom de Deus”, sempre agradece Maria Inês. Mas, ela sentiu a necessidade de uma formação específica, uma vez que iniciou se especializando na área pública que tem o protocolo regulamentado por lei. “Depois, vimos que já havia no mercado nacional um trabalho bastante requisitado, voltado a dar atendimento especializado aos noivos, e que havia essa demanda em Guarapuava. Aí comecei na área social com aniversários, casamentos e também eventos corporativos, há 16 anos, recorda.
A profissional destaca que o cerimonial tem uma função primordial em qualquer evento, e no casamento não é diferente. É o responsável por organizar a cerimônia no sentido de que tudo saia de forma sincronizada, a partir de uma visão global do evento, aglutinando todo esse conjunto de serviços para que seja o dia mais lindo da vida dos noivos. Apesar de todo acesso à tecnologia da informação, às novas mídias, a maioria dos casais tem muitas dúvidas. A seguir, veja as dicas da Maria Inês que podem facilitar a vida dos noivos, começando por três questões pontuais:

1. Existe um pré-orçamento? Os casamentos podem variar de R$ 10 mil a R$ 100 mil, e daí a cifras ainda maiores.

2. Qual é o estilo de casamento desejado, ou seja, uma cerimônia mais simples ou mais sofisticada?

3. Foi feita uma pré-lista de convidados? A partir do número de pessoas determina-se tudo: se o valor aproximado é compatível com o número de pessoas, porque os bufês podem começar com R$ 35,00 por pessoa, e chegar acima de R$ 300,00 por convidado.

O terceiro item, na opinião de Maria Inês, é talvez, o mais importante. Ela conta que tem sido uma tendência os casamentos com 50, 60 pessoas, diferentemente dos 100, 300, e até 1.000 pessoas, como já aconteceu. Não só por questão de custos, o número menor de convidados (mini weddings) é visto como um momento muito particular, familiar. Com isso, os noivos podem investir em um buffet ou decoração mais requintados, em um álbum de fotos mais produzido. Além disso, define-se o local mais adequado ao número de pessoas, o tipo de decoração, a sonorização, e uma infinidade de serviços. Vale lembrar que a decoração com flores pode ser muito mais econômica, se forem escolhidas flores da época, e as nacionais são mais em conta do que as importadas. “Mais um detalhe importante: os noivos devem começar a se organizar, em média, um ano antes”, avisa a cerimonialista.

Detalhe de decoração de casamento no Spa Med Vale, em Guarapuava

GUARAPUAVA ESTÁ MUITO BEM SERVIDA DE PROFISSIONAIS E SERVIÇOS
Como cerimonialista que está há mais de uma década no mercado, Maria Inês Guiné afirma que Guarapuava evoluiu muito, em se tratando de serviços para casamentos. A cidade está muito bem servida seja em ambientes, com espaços bem estruturados e bonitos, tanto em locais internos como externos. Aqui, cabe uma ressalva, para que os casais fiquem atentos aos ambientes ao ar livre que precisam ter opções, em caso de uma chuva inesperada, por exemplo.
Maria Inês enfatiza que Guarapuava tem excelentes profissionais em todas as áreas como decoração, buffet, fotografia, vídeo, sonorização, projeção que se compõe com a decoração, dentre outras, com equipes profissionalizadas, atualizadas com as tendências tecnológicas. Há muitos profissionais da terrinha fazendo trabalhos excepcionais fora da cidade. Conheça melhor nosso trabalho navegando pelo site, www.ednopilonetto.com.br.

Plantinhas naturais, uma ótima opção em lembrancinhas

DIY (DO IT YOURSELF)
Você já viu ou ouviu essa expressão em inglês, que significa “faça você mesmo”? Esta é uma lógica do mundo moderno em que além de economizar em alguns produtos, você pode dar um toque personalizado ao seu casamento.
Maria Inês Guiné, nossa cerimonialista entrevistada da vez, revela que um casal está fazendo, há um ano, as lembrancinhas de origami. “Eu sugiro os componentes das Caixinhas de Banheiro, e pessoas da família que têm habilidades em artesanato podem decorá-las. Com isso, os noivos podem fazer um evento com a cara deles. Sempre digo que não precisa ser nada cinematográfico para ser um evento lindo”.

CHEK LIST – PRIORIDADES
Respondidas as primeiras perguntas, o cerimonialista parte em busca dos profissionais que se encaixam na realidade dos noivos, a partir das indicações deles. Para aqueles que não têm nenhuma referência, Maria sugere as empresas, porque o profissional de cerimonial tem a obrigação de indicar caminhos de credibilidade para os noivos porque conhece os prestadores com os quais trabalha, mas esclarece que a decisão final fica por conta do casal. “Não posso interferir nessa escolha, uma vez que é preciso haver uma empatia nessa relação de quem quer contratar e de quem quer ser contratado. Definido isso, aí fazemos os contratos com os prestadores de serviço dando segurança para todos”.
Com todo esse planejamento realizado, a empresa de cerimonial e eventos vai acompanhando o desenvolvimento de cada passo, para que, o dia tão esperado seja perfeito, inesquecível. “Para nós é sempre uma honra fazer parte dessa história, vermos os sorrisos de felicidade, e recebermos depois, os agradecimentos de todos. Isso não tem preço”, conclui Maria Inês.

Tags:

INSTAGRAM @EDNOPILONETTO



FECHAR
Tire suas dúvidas WhatsApp Facebook Messenger

Orçamento